7 dicas para destacar sua empresa e sua marca nas redes sociais


foto midias sociais_edit1. Conheça seu público – E fale pra ele! Pra quem se destinam seus serviços? Jovens, crianças, público maduro? Classe alta, baixa, média? Com qual grau de instrução? De quais localidades? É um público misto? Pode parecer que não, mas tudo isso influencia no que você/sua empresa vai publicar, com qual linguagem, e até mesmo com qual periodicidade. De nada adianta um post mais técnico no blog, cheio de informações específicas e com linguagem mais rebuscada, se os seus maiores leitores são jovens, que geralmente consomem informações mais curtas e de teor informal. O contrário também vale! Preste mais atenção nos consumidores do seu produto/marca e tenha uma comunicação bem mais eficaz com cada um deles – leitores/seguidores mais engajados sempre se tornam clientes mais rotineiros!

2. Tenha precisão ao destacar o seu produto – Ok, pode ser que você trabalhe com vários produtos ou com vários ramos de um mesmo segmento. Exemplo: você é proprietário de uma churrascaria e também disponibiliza o mesmo espaço para eventos sociais e corporativos, o que quer dizer que você e sua empresa se inserem no mercado de gastronomia E no de eventos. Mas por mais que você tenha muito a oferecer (e, se for de forma bem planejada, não há problema em divulgar esse “muito a oferecer”), tenha foco. Pelo que você deseja ser mais conhecido? Você quer que seus clientes se lembrem da sua empresa de que forma? E por qual motivo? Ficar falando de muita coisa pode confundir seu público, ou fazer sua marca enfraquecer diante dele. Pense seriamente em qual é o seu diferencial e faça com que ele fique bem nítido nas suas postagens!

3. Explore conteúdo - Não adianta só postar as promoções, os preços, as novidades que chegaram na loja. Claro que isso é válido, e também atrai público (aliás, é fundamental que a empresa divulgue novas mercadorias e campanhas promocionais), mas encher o feed do instagram ou do facebook SÓ com isso faz com que suas postagens fiquem chatas e desinteressantes. O que fazer pra evitar assuntos e posts repetitivos? Explorar ao máximo seu nicho, seu conteúdo, seus clientes, seus produtos. Exemplo: se você é proprietário de um restaurante de comida saudável, faça posts com receitas, convide um nutricionista pra falar do assunto, faça um link dos seus produtos com algum assunto da atualidade (fique de olho em sites e jornais diários, portanto!), mostre vídeos das instalações (do restaurante em si)…Explore mais do que você oferece e saia da mesmice!

4. Seja criativo – É impossível sobreviver no mercado hoje em dia sem uma boa dose de criatividade! Isso porque existem zilhões de restaurantes, milhares de clínicas médicas, toneladas e toneladas de lojas de roupas, uma academia em cada esquina, e por aí vai…Você não é, nem nunca será, o único representante do seu segmento! Pra se destacar, portanto (e em especial nas redes sociais), você precisa ser criativo. Aborde temas diferentes, invista em imagens melhores, em textos melhores, treine melhor sua equipe. Apresente o produto com embalagem diferenciada, promova algum evento para integrar seus clientes, pense em campanhas de mídia…tudo vale! Faça o diferente com habitualidade, que colherá resultas bem positivos!

5. Menos é mais – Aproveitando a máxima de que “quem não é visto, não é lembrado”, muita gente extrapola o número de postagens diárias/ semanais, achando mesmo que o que vale é aparecer pra vender mais ou gerar mais notícia. Mas nem sempre (ou quase nunca) isso é verdade! Nem todo mundo tem assunto novo todo dia pra postar, ou gera conteúdo de qualidade todo dia pra postar, às vezes até mesmo pela natureza do negócio, e não há problema nenhum nisso! É melhor postar menos, mas despertar o interesse real do seu consumidor, do que encher a rede social de coisas supérfluas e irrelevantes (sinal vermelho para selfies em perfis profissionais, ok?).

6. Forma e conteúdo em equilíbrio – Não adianta: as duas coisas devem andar de mãos dadas! Tem perfil que divulga bem seus produtos, responde o cliente com rapidez, até promove um engajamento razoável, mas com fotos feias e antigas, textos pobres (quando não com erros de gramática!), imagens sem nenhum enquadramento (ou, o que é pior, roubadas de um outro perfil!)…Também tem um bocado de empresa que contrata designer pra fazer ótimos flyers virtuais, ou alguém pra cuidar da identidade visual da marca (ponto pra isso!), mas peca por um conteúdo mal pensado, mal escrito ou mal postado. Cuide tão bem da forma, quanto do conteúdo, para que a rede social da sua empresa reflita bem quem ela é ou pretende ser no mercado!

7. Dê voz aos clientes – Tem se tornado cada vez mais comum o uso da internet pra tudo e, na relação empresa/cliente, isso tem valido pra agendamentos, reservas, reclamações, elogios, sugestões, perguntas frequentes etc. Por mais que dê um certo trabalho extra, pode ser muito proveitoso dar atenção ao que o seu cliente diz no seu perfil do facebook ou instagram. Se surgir uma pergunta, tente responder o mais rápido possível, e com o máximo de cortesia. Se aparecer uma crítica, procure refletir sobre como ela pode ajudar no crescimento da empresa. Se o cliente fez um simples comentário, interaja com ele! Ou melhor: pense em postagens que estimulem a participação dos seus clientes! Um consumidor bem tratado e com voz ativa é e sempre será uma das melhores propagandas do seu negócio!

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>