Como economizar na hospedagem em NY


Se você está programando sua viagem pra Nova Iorque, já deve ter passado mal com o preço das diárias por lá – infelizmente são das mais caras nos EUA. Com o câmbio desfavorável, então…Quaisquer 50 dólares a mais viram um dinheiro que pode fazer falta pra alguma outra coisa, como alimentação e transporte.

Claro que bom mesmo é escolher o melhor hotel, com toda a mordomia possível e fazer pose de “A” pessoa mais rica do mundo…Não existe quem não goste de luxo, sejamos francos!

Mas se você não está com (ou não tem) dinheiro pra investir num TAJ, num Four Seasons ou num The Plaza da vida, não precisa se esquentar, muito menos deixar NY pra uma próxima vez! Existem algumas alternativas pra uma hospedagem mais em conta nessa, que é uma das cidades mais dinâmicas e incríveis do mundo!

Seguem minhas dicas, olhem só:

1. Fuja de Manhattan

Não tem jeito, Manhattan é o local mais caro de NY. Tudo bem que é onde tudo, ou quase tudo, acontece, mas os valores tendem a subir consideravelmente (vai ser BEM difícil MESMO encontrar diárias ali por menos de US$250 o quarto pra duas pessoas)….O jeito é arrumar em outra região, e eu sugiro o Queens ou o Brooklyn.

O Queens tem um pouco mais de opções, porque por ali ficam os aeroportos JFK e La Guardia. É longe? Depende…

O ideal é escolher um hotel que fica bem próximo ao metrô, daí essa questão do deslocamento não vai ser um grande perrengue. O Mayflower International Hotel é uma das melhores opções! Fica colado na estação de metrô Queensbridge (a uns 15 minutos, no máximo, da Times Square; ou 10 de carro/ táxi), tem quartos confortáveis e bem equipados, e a vantagem de oferecer café da manhã (uma raridade em NY!). Achei diárias a partir de US$173 pra um mês de baixa temporada.

NovaYork5_Nesva Hotel
Os quartos moderninhos do Nesva Hotel, uma opção barata e bem encostada em Manhattan!

Também não muito distante de Manhattan e próximo a uma estação de metrô está o Nesva Hotel. Ele faz a linha “moderninho”, tem ótimas instalações (com o suficiente pra uma boa estadia – tv de LCD no quarto, wifi grátis etc.) e está super bem cotado no Trip Advisor. O custo X benefício é dos melhores da região: achei um quarto duplo, com café, por US$154.

Já o Brooklyn não dispõe de tantas opções assim, mas é a “bola da vez” em NY. O clima de lá é sensacional – cool, despretensioso, jovial – e você pode ter por ali a sua melhor experiência na cidade.

Um hotel bem razoável no Brooklyn é o Luxe Hotel NY. Também tem o básico pra uma boa hospedagem (TV o quarto, ar condicionado, wifi grátis) e está localizado a uma curta caminhada do metrô. Quartos duplos com café da manhã incluído saem por US$159 (a partir de).

O Sumner Hotel é outro desses colados no metrô e que ainda conta com uma vantagem extra: está próximo à Williamsburg, o bairro queridinho do Brooklyn, que todos têm querido visitar.  Os quartos são bem ajeitados, têm tv, ar condicionado, secador, wifi grátis, e ainda café e chocolate quente de cortesia. As habitações duplas saem por US$159, a diária.

2. Se não abre mão de Manhattan, o jeito é compartilhar banheiro

Para os que realmente querem ficar em Manhattan, quer pela localização, quer pelas milhares de opções de tudo mais à mão (ou até preferência, mesmo), a solução é optar por hotéis convencionais sem suíte (com banheiro compartilhado) para as diárias ficarem mais em conta.

NovaYork5_Yotel Times Square
O ótimo Yotel, que tem a opção com suite, e outras mais baratas (pelos menos 30% off) com banheiro compartilhado

Já me hospedei num desses, em NY mesmo, e digo o seguinte: dá tranquilamente pra ficar…não é nenhum fim do mundo. Muita gente torce demais o nariz pra essa ideia de ter que dividir banheiro mas, levando em consideração a redução bem significativa nas diárias, dá pra encarar LINDAMENTE! Sem contar que assim…numa cidade como NY, hotel realmente vai servir pra muito pouco ou quase nada – só pra dormir e tomar um banho, praticamente…

Os hotéis em NY que funcionam nesse esquema, em geral, são muito bem conservados e limpos. Alguns deles até com localização privilegiadíssima. E a diferença deles pra um albergue/ hostel convencional é que eles abrigam mais famílias, casais e pessoas de mais idade (pra quem odeia albergue por achar que é coisa só de jovem, que vai ter muita bagunça e entra-e-sai, taí um motivo pra talvez experimentar!). Lembro até que quando me hospedei num hotel desses por lá, fiquei espantada de ver a quantidade de idosos americanos embarcando nessa de dividir banheiro!

Na parte norte do Central Park, próximo do Harlem, fica o fofo e arrumadinho The Central Park North. Os quartos dele contam com tv de LCD e tem até mini cozinha equipada. As diárias pra duas pessoas com café saem por US$179.

O Seton Hotel é desses que a gente não acredita que pode ser tão barato pelo que ele oferece, mesmo tendo banheiros compartilhados. Ele fica em East Village, pertinho do Grand Central Terminal, e não muito distante da Times Square. Tem quartos lindamente decorados, e os banheiros não são divididos entre muitos quartos. Por US$193 a diária do quarto duplo, somente hospedagem.

O Yotel Times Square tem uma pegada futurística e design japonês. É super bem equipado e tem algumas mordomias extras, como chás à vontade e ligações locais gratuitas. Tem diárias para duas pessoas a partir de US$179.

O mais velhinho deles é o Hotel 17, mas que compensa pela excelente localização (perto da Union Square) e preço quase imbatível: US$180 o quarto TRIPLO!

Dica para quem vai dividir banheiro (vale também para hostels): nas vezes em que precisei dividir banheiro, eu sempre me organizei pra utilizar o banheiro de manhã e à noite somente para fazer minha higiene comum (de escovar os dentes e me arrumar).  O banho eu deixava PRO MEIO DA TARDE ou LOGO APÓS O ALMOÇO. Era sempre o horário em que o banheiro estava limpíssimo, ou que tinha acabado de ser limpo, que eu não precisava dividir com ninguém (afinal de contas, tava todo mundo na rua turistando; nenhuma pessoa esperando eu acabar, especificamente). Além do mais, podia utilizar pelo tempo que eu quisesse, e ainda era providencial pra dar aquele pit stop e descanso no meio do dia, já que andar e turistar cansa demais. Se vai optar por um hotel com banheiro compartilhado, sugiro que faça isso também! Dá um trabalho extra voltar pro hotel no meio da tarde, mas eu garanto que você vai achar a melhor coisa!

3. Já considerou a hipótese de se hospedar num hostel/ albergue?

NovaYork5_NY Moore Hostel
NY Moore Hostel é um albergue bem jovial no bairro mais bacaninha do Brooklyn!

Bom…eu já me hospedei em vários, em diversas cidades do mundo (inclusive em NY) e posso garantir que muitos hostels por aí são BEM melhores que alguns hotéis regulares, com a (talvez não tão triste) diferença que as áreas comuns, inclusive banheiros, são compartilhados. E o legal de um hostel? Socializar, conhecer gente e se sentir um pouco em casa, já que eles convidam as pessoas a ficarem na sala de estar jogando conversa fora, na cozinha, no restaurante/bar…Acho ótimo pra quem está sozinho ou com amigos! E hostels não são apenas pra gente jovem não, ok?

Uma opção MUITO bacana e arrumadinha em NY é o Broadway Hotel N Hostel, em Upper West Side. As áreas comuns dele são MUITO FOFAS e organizadas, e ele tem tudo pra uma hospedagem bem agradável.  Sem contar que a localização dele, embora mais afastada do fervo de Manhattan, é ótima: na Broadway, perto de comércio, restaurantes e a poucas quadras do Central Park. Tem a opção de quartos privativos duplos por US$55 por pessoa.

O American Dream Hostel tem localização excelente em Gramercy Park, no coração de Manhattan, realmente muito próximo de tudo! Os quartos são mais simples, mas no hostel há de tudo, desde lan house com acesso livre à internet até cozinha e meeting room. O valor pra quartos privativos (por pessoa) partem de US$60 e já incluem café da manhã.

No Brooklyn, em Williamsburg, a opção é o NY Moore Hostel. O albergue é mais simples, mas também mais barato: por US$45 por pessoa já se consegue cama num dormitório privativo. E ele tem, basicamente, todas as outras coisas que um bom albergue tem: recepção 24 horas, cozinha equipada, sala de estar, acesso livre à internet, lanchonete e guarda-volumes.

4. E vivam os “INN”s da vida!

Regra básica de praticamente qualquer lugar do planeta: tá custando a achar hotel barato, caça algum INN (Comfort Inn, Holiday Inn, Sleep Inn, Quality Inn…) que é certeza de que os valores vão baixar e que se vai fazer um bom negócio!

No geral, todos os INNs são mais simples, sem grandes luxos, mas oferecem o básico pra uma hospedagem até bacana: camas boas, banheiro privativo, quartos legaizinhos e limpeza. Eles normalmente também ficam mais afastados das regiões de maior interesse, mas compensam na relação custo X benefício. Em Nova Iorque, você pode ficar com os seguintes:

NovaYork5_Hilton Inn Long Island
Os quartos BEM legais do Hilton Garden Inn em Long Island

No Queens/ Long Island – Hilton Garden Inn, bem próximo à Manhattan e a pouca distância a pé do metrô, por US$ 211 a diária de um quarto duplo; Counntry Inn & Suites, também mais perto de Manhattan e próximo ao metrô, por US$180 a diária do quarto duplo; e o Quality Inn Woodside Queens está próximo de dois metrôs e sai por US$169 a diária/ quarto duplo.

No Brooklyn – Sleep Inn Brooklyn Downtown, num rápido acesso a Manhattan através de metrô e com café incluído, por US$159 a diária para duas pessoas; Lexington Inn, um pouco mais antiguinho que o anterior, mas também muito próximo a duas estações de metrô e por um preço melhor – US$129 a diária do quarto duplo, com café da manhã; e o La Quinta Inn & Suites Brooklyn Downtown, o mais arrumadinho deles, por US$209 a diária com café incluído.

Em Manhattan – Holiday Inn Times Square South, por US$397 o quarto duplo com café (viu como os preços sobem em Manhattan???); Quality Inn Midtown West, muito bem localizado, por US$489 a noite para dois; o Hampton Inn Manhattan no Soho, no meu bairro preferido (e por isso, na minha opinião, o melhor localizado), por US$305 a diária para dois com café; e o Residence Inn by Marriott manhattan – World Trade Center Area, o mais novo e bem equipado deles, e que tem a vantagem de funcionar como apart hotel, por US$349 a diária, também com café da manhã.

5. Alugue um apê!

7296a243_original
Este é um dos apartamentos de luxo que estão pra alugar no AIrBnb – no coração de Manhattan (Gramercy Park) e sai por menos de US$100 por pessoa a diária!

Os sites Air Bnb e o VRBO (o meu preferido pra alugueis mudo afora!) têm inúmeras opções de aluguel. Tem imóveis pequenos, no estilo loft, até apartamentos enormes, que acomodam 14 pessoas ou mais. O estilo e preço, também, variam bastante: é possível escolher algo mais simples, apenas com o básico, ou recorrer à propriedades de luxo, que são sensacionais e tem milhares de mordomias! O Air Bnb ainda oferece a possibilidade de se alugar apenas num quarto numa casa ou apartamento (ótimo para casais que querem economizar!).

Essa alternativa, a de alugar um apartamento ou condo, acho ideal pra famílias ou grupos, e também para estadias superiores a 5 noites (alguns proprietários, inclusive, exigem estadia mínima). Escolhendo algo mais enxuto, dá pra encontrar opções que, por pessoa, saem quase a mesma coisa que albergues! Vale a pena!

Fique ligado: se está viajando em 3 ou 4 pessoas, a economia sempre pode ser maior! É que, no geral, os quartos nos EUA contam com 2 camas King Size, e o valor pra inclusão de uma terceira e quarta pessoas não costuma alterar tanto. Então, se tiver em mais pessoas (famílias, por exemplo) e quiser gastar menos, não reserve dois quartos duplos; pergunte se as outras pessoas podem dormir no mesmo quarto!

Outra dica são sites como Priceline, Groupon (americano) e Hotwire, que sempre conseguem tarifas bem mais baratas. Em quase todos há descontos de mais de 30% pra early bookings (reservas bem antecipadas). Vale checar esses sites antes de se eleger o hotel em NY!

Leia mais:

Quer continuar economizando em NY? Veja minha dica de roteiro para gastar menos de US$60/ dia por lá!

Ou confira a dicas básicas para iniciantes!

Talvez também se interesse por:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>