Nova Iorque por menos de US$60/dia – Roteiro de 5 dias (parte 1) 2


Nova Iorque não é cidade mais barata do mundo pra se fazer turismo, infelizmente. A oferta de atividades é gigantesca, e se a gente for fazer tudo o que oferecem, vai acabar extrapolando o orçamento.

A sorte é que ainda existem muitas coisas gratuitas por lá. De passeios e atividades ao ar livre em parques, até concertos gratuitos e passes livres em museus, há um Nova Iorque para quem quer fazer economia! E o fato de a cidade concentrar tantas culturas diversificadas, e ter concorrência pra TUDO (milhares de lojas, milhares de restaurantes, milhares de passeios…), faz com que seja possível de se encontrar, dentre tantas, algumas opções mais viáveis pro bolso…

A seguir coloco a primeira parte do meu roteiro de 5 dias pela cidade (gastando o mínimo) com, inclusive, sugestão de onde comer barato por lá! Espero que aproveitem!

 

Dia 1

 

Central Park – Times Square – Soho – Little Italy – Chinatown


8h30am

Comece o dia com um bom café da manhã (porque, muito provavelmente, o seu hotel não oferece nenhum tipo de refeição pelo preço da diária! Super normal isso nos EUA!). Pegue o metrô (aproveite para já comprar o passe de 7 dias, que sai mais barato) e pare na 72st (linha azul, vermelha ou laranja). Por ali, na 73st, entre a Columbus e a Amsterdam Ave, você vai encontrar a Alice´s Tea Cup, uma casa de chá e cafeteria das mais agradáveis e baratinhas da região! Vá de menu clássico e escolha o Alice´s Scones (scones são doces bem comuns nos EUA, uma delícia!) e mais um copo de café; sai por US$8.

NovaYork2_Central Park
O Central Park, ideal pra relaxar e descansar na cidade que não para nunca

9h15am

Ali próximo fica o Dakota Building, o prédio onde morou John Lennon e que, bem por esse motivo, é hoje uma das construções mais famosas da cidade.

Aproveite pra passear sem pressa pelo Central Park. Quase em frente ao Dakota fica o Strawberry Field, um monumento em homenagem ao Beatle. O Central Park é gigantesco e uma excelente sugestão pra sua manhã começar maravilhosamente bem. Se tiver com preguiça de fazer algum exercício, apenas observe o movimento das pessoas…e, claro, bata lindas fotos! O Central Park é, sem dúvida, uma das áreas mais fotogênicas de NY!

NovaYork2_Times Square
A região da Times Square é recheada de bons atrativos para todos os gostos

11am

Dali, vá até à Times Square (se for de metrô, as linhas vermelha, amarela, roxa e verde servem até lá), talvez o ponto máximo de agito da cidade! Certamente terá muito o que fazer, já que as quadras do entorno estão recheadas de lojas, bares, restaurantes e opções de entretenimento. Rapidinho, você vai perceber que o tempo voa na Times, tamanha é quantidade de coisas pra se ver e xeretar por ali!

12h30pm

Aproveite pra almoçar por ali! As opções de comida boa e bem barata são inúmeras (tem desde Mc Donald´s, Subway até delicatessen com comida orgânica e food trucks). Minha sugestão é o Shake Shack do Theatre District, que serve um dos melhores sanduíches da cidade! Um Shack Burger + refri regular sai por US10,74 + taxas!

2h30pm

NovaYork2_Cehinatown
No meio do agito e da bagunça de Chinatown você encontra os melhores preços de NY

Pegue o metrô até o Soho (você pode descer na parada Spring St da linha verde, ou na da Canal St, da linha amarela), e descubra as coisas sensacionais que esse bairro tem a oferecer! É o meu preferido em NY! Ande bastante entre as suas ruas, e a minha sugestão é que você passe o resto da tarde caminhando entre o Soho, Little Italy e Chinatown. Os três bairros têm feirinhas de ruas, lojas legais, cafeterias bacanas e são mais do que gostosos pra se perder tempo mesmo! Pode parecer exagero, mas dá tranquilamente pra passar um dia inteiro nas redondezas! Se a fome bater no meio da tarde, prove as Madeleines do Ansel Bakery, no Soho! Apenas US$4,25 (e o café pequeno, US$3)!

8pm

Já que vai estender seu passeio pra Chinatown, o bairro da comunidade chinesa em NY, nada melhor do que jantar por ali! Os restaurantes e bairros chineses são, em regra, muito baratos e servem uma comida bem farta! Um dos mais famosos é o Spicy Village – dá pra comer um Pork Pancake (panqueca com carne de porco) por apenas US$2,50!

Gastos do dia:

US$31 – metrocard para 7 dias

US$9 – café da manhã

US$10,74 – almoço

US$7,75 – lanche da tarde

US$2,50 – janta

Total: US$59,99

Dia 2

 

South Ferry Loop (Estátua da Liberdade) – Lower Manhattan – Tribeca – Chelsea – West Village

8h30am

Para um café dos mais baratinhos, os combos do Dunkin Donuts são sempre uma ótima escolha! Nunca consigo ir aos EUA sem me render à donuts e pancakes e, na hora de economizar, fast foods como essas resolvem e bastante o nosso problema. Tem milhares espalhadas por Manhattan, e o combo com 2 donuts e café medium sai por US$3,69!

Sugestão para os endinheirados: se gostar de café e estiver disposto a pagar bem mais, visite uma Joe Coffee em NY! A rede tem 11 endereços em NY e funciona como uma cafeteria-boutique, com grãos especiais e todos os tipos de café feitos por baristas (na temperatura correta, na louça ideal…essas coisas!). Um copo de café importado (da Guatemala ou da Nova Guiné, por exemplo) pode custar mais de US$10, mas vale pela experiência de se tomar o café mais bem preparado da região, Claro, também nem preciso dizer que as cafeterias são lindas!

NovaYork2_Estatua da Liberdade
No ferry gratuito para a Staten Island é possível ver a Estátua mais de perto!

9am

Pegue o metrô (linha vermelha, parada South Ferry) até o píer de onde saem os ferries gratuitos para Staten Island (Whitehall Terminal Manhattan)! Realmente vá cedo, para evitar filas e tumultos. Num trajeto de 25 minutos (cada trecho), você consegue ver mais de perto a Estátua da Liberdade e apreciar o belo skyline de Manhattan! É a sua forma mais acessível de apreciar outro belo cartão-postal novaiorquino!

10am

Ali pertinho fica o Pier 17, outro lugar muito bacana da cidade! O píer era um antigo mercado de peixe, que foi transformado num espaço para compras, lazer e entretenimento – tem lojas diversas, bons bares e restaurantes! Aproveite o lugar com calma, e bata lindas fotos com a Brooklyn Bridge de fundo!

Tome nota: esse lugar também fica lindo nos fins de tarde! Coloquei no início da manhã, quando ele abre, por estar menos abarrotado de gente e por acompanhar a logística do passeio, em termos de localização geográfica, mesmo! Mas, se gostar do Pier, volte em algum entardecer, que o visual compensa!

11am

Vá para o Financial District e para o centro cívico. Por ali ficam prédios do Governo e importantes construções, como o One Wold Trade Center, a Trinity Church e o Federal Hall. Incrível como o clima dali é diferente, mais austero e empresarial.

NovaYork2_Century21
Century 21: paraíso das compras em Manhattan!

12pm

Não deixe de conferir a Century 21, uma das principais lojas de departamento dos EUA (e a que você VAI querer visitar, por ser uma das mais baratas!). Roupas, acessórios, itens pra casa e toda espécie de quinquilharia você encontra por lá, e realmente a preços muito tentadores! A principal fica ali na região, na 21 Cortland St, mas tem em outros 4 endereços na cidade!

1pm

Próximo ao City Hall, na 126 Chambers St fica o bacaninha Mudville 9, que serve as clássicas asas de frango e tem um menu bem variado de cervejas artesanais (10 mini asas de frango por US$11!). É minha sugestão pra um almoço bom e relativamente barato. Claro, se for pra economizar mesmo, ali perto você também encontra Mc Donald´s, Subway e congêneres, e a Dona Bella Pizza, com fatias (de pizza) a partir de US$2,50!

Bom saber: o Mudville tem o famoso “Wing Ding”, que é um all you can eat/drink de 2 horas por US$25! Por esse período, você pode comer, livremente, bruschettas, cebolas caramelizadas, batatas fritas, asas de frango, entre outras delícias (tem até sushi!). Ah, e beber todas as cervejas que conseguir! Funciona desde a abertura da casa, no final da manhã, mas fica bem mais agitado à noite ou em dias de jogos!

2pm

Dali, vá até a TriBeCa, um dos bairros com metro quadrado mais caro de NY! Por ali moram algumas celebridades e o comércio de luxo está por toda parte (como as japonesas Norin e Issey Miyake, entre outras lojas que, só de olhar, a gente já sabe que são caras!). A vizinhança é uma mistura perfeita da antiga Nova Iorque, com seus prédios históricos e centenários, com a modernidade da cidade dos dias atuais. A minha sugestão no local é um passeio até o Pier 26, de onde é possível fazer passeios grátis de caiaque. Para informações, clique aqui!

NovaYork2_chealsea market
Lojas de artesanato no Chelsea Market

4pm

Dali, peque o metrô até a 23st (linha azul) para conhecer uma das sensações de NY do momento: o High Line. Já comentei sobre ele por aqui, e é um jardim suspenso, uma área verde de descanso entre prédios e construções. A ideia é bem original e movimentou bastante a região! Relativamente perto fica o Chelsea Market, e taí um lugar que você deve tentar visitar em NY. É um mercado bem descolado, que tem um mix de tudo: empório gourmet, cafeterias, restaurantes, lojas de roupas, de objetos pra casa…é tudo no estilo de feirinha, bem interessante! Se a forma bater, ali mesmo tem uma Amy´s Bread (uma rede de cafeteria/ confeitaria famosa por lá), que tem cafés, doces e lanches variados – para um latte grande + croissant, você deve gastar uns US$9.

Marque na agenda: nos finais de semana, na região do Chelsea, também tem o famoso mercado de pulgas e de antiguidades. É um passeio bem clássico de final de semana dos novaiorquinos que moram na região, e onde você pode encontrar toda espécie de quinquilharias por uma mixaria! Clique aqui, para anotar endereço e horários!

6pm

Termine o passeio do seu segundo dia no Greenwich Village, ou “The Village”, como é conhecido o bairro. Essa região é o máximo, cheia de atrativos pra quem gosta de artes e cultura. O indicado mesmo, tanto pro Chelsea, como pro Meatpacking District, quanto pra West Village (bairros vizinhos) é fazer um walking tour, assim você tem a certeza de não deixar nada de interessante de fora! O Free Tours by foot, que eu já comentei no post anterior, tem passeios em diversos bairros (única coisa é eu começam um pouco mais cedo, você vai precisar se organiza quanto a horários). No final, o turista paga um valor simbólico, ou o quanto achou que valeu o passeio. Sugiro US$15.

Em West Village você também pode fazer um último lanche rápido e baratinho. Opções não faltam (tem, inclusive, vários food trucks nas redondezas). Na taqueria Dos Toros você consegue comer um Taco de frango + refri por US$5,97! Pra terminar seu dia em grande estilo (e bem novaiorquino, diga-se de passagem), entre em uma das milhares casas de jazz da região, para curtir uma ótima música ao vivo. Muitas delas não cobram couvert de entrada. É o caso da Arthur´s Tavern, um dos endereços mais tradicionais de música ao vivo de Nova Iorque. Tome alguma bebida (separe uns US$10 pra isso!), e aproveite!

Gastos do dia:

US$3,69 – café da manhã

US$15– almoço

US$9 – lanche da tarde

US$15 – walking tour

US$5,97 – lanche da noite

US$10 – Jazz live Club

Total: US$58,66

Não deixe de conferir as atividades baratinhas para os dias 3, 4 e 5! Só clicar aqui!

Talvez também se interesse por:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

2 thoughts on “Nova Iorque por menos de US$60/dia – Roteiro de 5 dias (parte 1)